Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


sábado, 1 de abril de 2017

Café Pouchkine em Paris

Foto do site oficial http://cafe-pouchkine.fr
Nos últimos anos tenho visto a marca Pouchkine se instalar em Paris.
Se a Fauchon é famosa pelos seus éclairs (bombas), a Ladurée pelos seus macarons, a Pouchkine é famosa pelos seus Pouchkinettes que são mini choux (carolinas) feitas à base de água de flor de laranja e recheadas com chantilly de 10 sabores: rosa delicada, baunilha de Taiti, caramelo de manteiga salgada, framboesas estragão, água de flor de laranja, rum,  pistache amêndoa, praline de avelã de Piémont, limão manjericão e morango banana.
Foto do site http://habibicafe.com
A marca possui cerca de quarenta restaurantes na Rússia e algumas pâtisserie- salão de chá espalhadas pelo mundo: New York, Londres, breve no Japão, na capital da Arabia Saudita e do Qatar.
O primeiro salão de chá em Paris foi no térreo da loja de departamentos Printemps, no Boulevard Haussmann.
Em 2013 foi aberta uma na rue des Francs-Bourgois, no Marais, mas essa unidade foi fechada recentemente.
Atualmente são seis unidades em Paris e região.   
A mais nova é no Carrousel du Louvre inaugurada em março.  
Foto: Miriam ATG 
História do Café Pouchkine
Dois franceses, o cantor Gilbert Bécaud e o compositor Pierre Delanoë, depois de uma turné triunfal em Moscou, no inicio dos anos 60, criaram uma canção intitulada "Nathalie", que contava sobre o idílio amoroso com sua guia russa Nathalie, dizendo que tomaram um chocolate num café imaginário na Praça Vermelha, o Café Pouchkine.
A canção tornou-se uma lenda na cultura francesa e russa, e o café Pouchkine era procurado em vão por milhares de turistas e Nathalies do mundo…
Assim, em 1999, o franco-russo Andrey Dellos (fundador da Maison Dellos), apostando no sucesso da canção e homenageando o poeta russo Alexandre Pouchkine (1799-1837) pelo seu bicentenario de nascimento, fundou o Café Pouchkine.
Depois de 35 anos do sucesso da canção Nathalie, Gilbert Bécaud estava presente na inauguração do Café Pouchkine.
A coincidência é que a esposa do poeta russo homenageado também se chamava Nathalie.
O Café Pouchkine instalado numa mansão do século XVII, de cinco andares, com numerosas salas, num espaço de 1500m2, onde havia um boticário/farmácia,  adega, mezanino, biblioteca com 3 mil volumes de época, numa rica decoração de madeiras em estilo barroco do século XIX, elaborado pelo próprio Andrei Dellos, inspirado na pompa e no esplendor da Rússia Imperial e da nobreza russa, num rico ambiente de café literário, café filosófico, café científico do Iluminismo, com uma importante coleção de moveis e luxuosos objetos científicos de arte e de coleções do século XVIII: telescópio, globo planetário, microscópio óptico, astrolábio, barômetos, relógio mecânico, pêndulo, instrumentos de musica barroca.
O restaurante funciona 24 horas e serve 3 mil pessoas cotidianamente, oferecendo um menu gastronômico da cozinha tradicional francesa e russa. 
Faz parte dos 25 melhores restaurantes da Europa e dos 100 melhores restaurantes do mundo.
Endereços em Paris

Salão de chá ao Printemps : 
64, Boulevard Haussmann, 9eme arrond 
Metrô Havre Caumartin linha
Funciona de 2a.feira à sábado das 9h35 às 20h00
Nas 5as.feiras fecha as 20h45

Salão de chá & restaurante em Saint-Germain-des-Près: 
155, Boulevard Saint-Germain, 6eme arrond  
Metrô Saint Germain des Près linhas 3 e 9
Aberto de 2a/feira a domingo das 9h00 às 23h00

Salão de chá em Montorgueil:
14, rue des Petits Carreaux, 2eme arrond 
Metrô Sentier linha 3
De 2a. a 6a.feira das 8h30 às 19h30
Sábado das 10h30 às 20h00
Domingo das 10h30 às 18h30

Salão de chá no Carrousel du Louvre:
99, rue de Rivoli - na entrada do Restaurants du Monde
Metrô Palais Royal/Musée du Louvre linhas 1 e 7
Aberto todos os dias das 10h00 às 20h00

Pouckinette em Parly II:
Centre Commercial em Les Chesnay
De 2a.feira a sábado das 10h00 às 21h00

Pouckinette no Aeroporto de Orly Ouest 
Hall 2 Départ - Departure
De 2a.feira a domingo das 6h00 às 21h00

Nenhum comentário: