segunda-feira, 20 de junho de 2016

Memorial dos Mártires da Deportação em Paris

Foto: Miriam ATG 
Inaugurado em 12 de abril de 1962 pelo General de Gaulle, quando era Presidente da República, o Memorial dos Mártires da Deportação  mostra alguns aspectos característicos de um campo de concentração: prisão, opressão, fuga impossível, desgaste de um longo calvário, a vontade de extermínio e degradação.

Foto: Miriam ATG d
Projetado pelo arquiteto Georges-Henri Pingusson, a grande cripta da forma hexagonal, mal iluminada, abre-se pela galeria coberta de bastões luminosos representando os deportados mortos nos campos, assim como as cinzas de um deportado desconhecido do acampamento Natzweiler-Struthof.

Foto: Miriam ATG 
De ambos os lados da cripta, duas pequenas galerias contêm terra originária de vários campos de concentração e cinzas dos crematórios, dentro de urnas triangulares.

Foto: Miriam ATG
Ao redor,  inscrito em letras vermelhas, os nomes dos campos e trechos de poemas de Robert Desnos, Louis Aragon, Paul Eluard, Jean-Paul Sartre e Antoine de Saint-Exupéry.

Foto: Miriam ATG 
Anualmente, no  último domingo de abril, o Memorial comemora o Dia da Memória dos mártires e os heróis da deportação.
Foto: Miriam ATG 
Memorial dos Mártires da Déportation  
Square de Ile de France - fica bem atras da Catedral Notre Dame de Paris - esse jardim é agradável.

Foto: Miriam ATG
Horário de funcionamento:
Aberto de 3a.feira a domingo
Do dia 1° outubro ao 31 de março: 10h00 às  17h00
Do dia 1° abril ao 30 de setembro: 10h00 às 19h00

Tempo de visita: 30 minutos
Visita gratuita

Foto: Miriam ATG 

Nenhum comentário:

Exposição NAPOLEÃO - 200 anos da morte de Napoleão

Foto: Miriam Girardot Por mais admirado e polêmico, Napoleão Bonaparte é uma figura complexa cuja vida oscila entre heroísmo e tragédia, vit...