segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Martin Scorsese em Paris

Foto: Médiathèque Française 

A Cinémathèque Française consacra uma exposição sobre Martin Scorsese e uma retrospectiva da sua obra.

Essa exposição destaca a inspiração e os métodos de trabalho desse cineasta americano, seus primeiros curtas-metragens, revelando sua abordagem artística à narrativa  que influenciou profundamente o cinema americano moderno.

Na inauguração da exposição, no dia 14 de outubro, Martin Scorsese esteve presente e participou de um debate com o presidente da Cinémathèque Française, o cineasta Costa Gravas e  Serge Toubiana, jornalista e crítico de cinema, além de ser diretor da Cinématheque Française.

Dois dias depois, esteve em Lyon, no Festival Lumière, onde recebeu o "Prix Lumière" pelo conjunto da sua obra, sua cinefilia generosa, pelo seu combate incessante em favor da preservação do cinema mudo, pelas suas ficções,  seus documentários, pelo seu amor à música,  por sua bondade para jovens cineastas de todo o mundo…

Martin Scorsese nasceu em Nova Yorke nasceu em 1942, de família de origem italiana, se diplomou em Cinema na Universidade de NY. 

Ele começou com curtas-metragens remarcáveis, como o famoso "The Big Shave". 

Em 1967 realizou seu primeiro longa metragem "Who's that knocking at my door".

Com o filme "Taxi Driver" ganhou o Palme d'Or no Festival de Cannes em 1976. 

E apesar de ter sido indicado várias vezes como melhor diretor,  foi somente em 2007 que levou o Oscar com o filme "The Departure" (Os Infiltrados).

Martin Scorsese é incontestavelmente um dos maiores cineastas de todos os tempos.

Em 1990, ele fundou e preside a Film Fondation, que é uma organização não lucrativa dedicada à preservação de obras-primas da historia do cinema com filmes mudos, documentários independentes ou de vanguarda.  

Foto: Miriam ATG

A Cinémathèque Française criada em 1935, teve vários endereços antes de ocupar o antigo Centro Cultural Americano do arquiteto pós-modernista Frank Gehry.

O Museu do Cinema criado em 1972 e a Biblioteca do Filme em 1994 também fazem parte da Cinémathèque Française.

Veja aqui a programação da retrospectiva da obra de Martin Scorsese.

Data do término da exposição: 14 fevereiro 2016
Preços:
Tarifa normal: 12 € 
Tarifa reduzida: 9 €
Menores de 18 anos: 6 €
Exposição + Museu: 13 €
Exposição + Fime: 13 €
Oferecimento exclusivo internet: 9 € com acesso somente entre 11h00 e 13h00  
Aberto de 4a.feira à 2a.feira
51, rue de Bercy - 12eme arrond.
Metrô: Bercy linha 6



Nenhum comentário:

Oh Purée ! um pequeno restaurante parisiense de cuisine française

Foto: M. Girardot   Testando um novo restaurante, o @ohpuree_paris no 8, rue de Tournefort, no 5ème arrond., metrô Monge da linha 7. É um re...