terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Exposição de Gustav Klimt em Paris

 O Beijo ou Der Kuss em alemão (1907)  

Começou no dia 12 de fevereiro, a exposição "No tempo de Klimt, a Secessão de Viena" com 180 obras de arte, na Pinacoteca em Paris, até o dia 21 de junho 2015. 

A "Secessão de Viena" (1897-1920) foi um movimento de um grupo de jovens artistas no final do século XIX que romperam com a tradicional sociedade dos artistas austríacos, protestando contra as normas tradicionais, artísticas e étnicas da época. Gustav Klimt foi um dos lideres do movimento. 
Também foi o grande representante do estilo Art Nouveau em Viena, no século XIX.
Na época, Klimt é criticado pela sua obra considerada erótica, porque utilizava formas fálicas representando mulheres fatais. 

Pinacothéque de Paris: 
28, Place de la Madeleine - 75008 - Metrô: Madeleine
Horários: das 10h30 às 18h30 todos os dias, visitas noturnas nas 4as e 6as feiras até às 21h00
Ingresso: 13 € 

Nenhum comentário:

Exposição NAPOLEÃO - 200 anos da morte de Napoleão

Foto: Miriam Girardot Por mais admirado e polêmico, Napoleão Bonaparte é uma figura complexa cuja vida oscila entre heroísmo e tragédia, vit...