Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Martin Scorsese em Paris

Foto: Médiathèque Française 

A Cinémathèque Française consacra uma exposição sobre Martin Scorsese e uma retrospectiva da sua obra.

Essa exposição destaca a inspiração e os métodos de trabalho desse cineasta americano, seus primeiros curtas-metragens, revelando sua abordagem artística à narrativa  que influenciou profundamente o cinema americano moderno.

Na inauguração da exposição, no dia 14 de outubro, Martin Scorsese esteve presente e participou de um debate com o presidente da Cinémathèque Française, o cineasta Costa Gravas e  Serge Toubiana, jornalista e crítico de cinema, além de ser diretor da Cinématheque Française.

Dois dias depois, esteve em Lyon, no Festival Lumière, onde recebeu o "Prix Lumière" pelo conjunto da sua obra, sua cinefilia generosa, pelo seu combate incessante em favor da preservação do cinema mudo, pelas suas ficções,  seus documentários, pelo seu amor à música,  por sua bondade para jovens cineastas de todo o mundo…

Martin Scorsese nasceu em Nova Yorke nasceu em 1942, de família de origem italiana, se diplomou em Cinema na Universidade de NY. 

Ele começou com curtas-metragens remarcáveis, como o famoso "The Big Shave". 

Em 1967 realizou seu primeiro longa metragem "Who's that knocking at my door".

Com o filme "Taxi Driver" ganhou o Palme d'Or no Festival de Cannes em 1976. 

E apesar de ter sido indicado várias vezes como melhor diretor,  foi somente em 2007 que levou o Oscar com o filme "The Departure" (Os Infiltrados).

Martin Scorsese é incontestavelmente um dos maiores cineastas de todos os tempos.

Em 1990, ele fundou e preside a Film Fondation, que é uma organização não lucrativa dedicada à preservação de obras-primas da historia do cinema com filmes mudos, documentários independentes ou de vanguarda.  

Foto: Miriam ATG

A Cinémathèque Française criada em 1935, teve vários endereços antes de ocupar o antigo Centro Cultural Americano do arquiteto pós-modernista Frank Gehry.

O Museu do Cinema criado em 1972 e a Biblioteca do Filme em 1994 também fazem parte da Cinémathèque Française.

Veja aqui a programação da retrospectiva da obra de Martin Scorsese.

Data do término da exposição: 14 fevereiro 2016
Preços:
Tarifa normal: 12 € 
Tarifa reduzida: 9 €
Menores de 18 anos: 6 €
Exposição + Museu: 13 €
Exposição + Fime: 13 €
Oferecimento exclusivo internet: 9 € com acesso somente entre 11h00 e 13h00  
Aberto de 4a.feira à 2a.feira
51, rue de Bercy - 12eme arrond.
Metrô: Bercy linha 6



Nenhum comentário: