Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


domingo, 14 de julho de 2013

Cinema Louxor em Paris


Foto: Miriam T. Girardot 
Paris possui cerca de 400 sales de cinema. A mais recente é o cinema Louxor, na esquina entre a Boulevard Magenta e Boulevard la Chapelle, no 10° arrondissement. 
Como o nome sugere, a fachada emblemática neo-egípcia dos anos 1920, foi reaberto ao público na última primavera. 
Originalmente inaugurada em 1921, na época do cinema mudo, era chamada Louxor - Palácio do Cinema. Uma década mais tarde, o cinema mudo passou a ser falado, e o cinema foi rebatizado como Louxor-Pathé. O tempo passa, mudando o curso das coisas. Os heróis da westerns substituem os faraós. Nos anos 70, o Louxor apresenta filmes épicos, séries B, filmes árabes e indianos na língua original, mas os clientes começam a escassear. E na década de 80, o Louxor nos "embalos de sábado à noite" passou a funcionar como discoteca. Em seguida, o estabelecimento passa a ser propriedade da loja Tati. 
Em 2003, praticamente abandonada, ela foi classificada como monumento histórico e é comprada pela prefeitura de Paris. O cinema passou por uma reforma que durou três anos e custou 29 milhões de euros. O cinema Louxor possui três salas, uma com capacidade de 342, 140 e 74 lugares respectivamente.

Nenhum comentário: