segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Uma loja excepcional de violão em Paris

José Ferreira - foto: Miriam ATG 

"La Guitarreria" é considerada uma das melhores lojas especializada em violão clássico de Paris.

Localizada no bairro da Gare Saint Lazare, assim como muitos luthiers e lojas de instrumentos instaladas no bairro, por causa da proximidade com a Opéra Garnier.

Espero que você não confunda como eu, achava que a palavra francesa "violon" era violão e "guitare" era guitarra elétrica. 

A loja foi fundada em 1982, pela andaluza Isabel Gomez, apaixonada pelo violão clássico e o Flamenco.

Desde o início, La Guitarrerie oferece uma grande escolha de instrumentos de qualidade para satisfazer as necessidades de cada violonista, do debutante ao concertista. 
Por isso, não vendem pela internet, pois cada instrumento oferece à cada um, um sentimento e uma experiência única, que deve ser testada in loco. 

Três músicos profissionais estão à disposição dos clientes para aconselhar e testar os violões, oferecendo um serviço especializado. 

Um deles é brasileiro, o simpático José Ferreira, que vive plenamente da música em Paris, radicado aqui há mais de 10 anos, parte integrante do Trio In Uno.

Junto com o colega francês Fred, tocaram pra gente "Água e Vinho" de Gismonte, um deleite… 

A loja é pequena, com um ambiente bem acolhedor, nas paredes há fotos de músicos famosos,  uma delas é do virtuoso gaúcho Yamandu.

La Guitarreria 
5, Rue d’Edimbourg, 8eme arrond., Paris
Telefone : 01.45.22.54.72
Aberto de 3a.feira a sábado 
Das 9h00 as 12h00 e das 13h00 as 19h00
Somente no mês de setembro que a loja abre nas 2as.feiras
E-mail: laguitarreriadeparis@gmail.com 
Site oficial http://laguitarreria.fr


Um comentário:

lkjhgfd disse...

Olá gostei do blog só que não sabia que bolo de reis em Portugal era asim (eu sou português e não conheço esse aí. Onde comprar??)Bolo rei português não tem nada a vêr com esse aí...Vá ao tal de Google e veja imagens de bolo rei.
bjs

Foto: Geraldo Bubniak/AEN Depois de 18 meses, as fronteiras francesas e de outros países europeus começaram a abrir aos turistas brasileiro...