quarta-feira, 1 de abril de 2015

Dia da Mentira no Brasil e Poisson d'Avril na França


Se no Brasil o dia 1° de Abril é o "Dia da Mentira", aqui na França é o "Poisson d'Avril" (Peixe de Abril).
As vitrinas das padarias e chocolaterias são decoradas com chocolates em forma de peixe. 
Se bem que esse ano, como a Páscoa está muito próxima, as vitrines estão mais decoradas para a Páscoa do que para o "Poisson d'Avril".
Dizem que tudo começou aqui, com a adoção do calendário gregoriano pelo rei Carlos IX, que determinou que o ano novo fosse comemorado no dia 1° de janeiro. 
A tradição era de se darem pequenos presentes no primeiro dia de ano novo, e muitas pessoas continuaram a fazê-lo no dia 1° de abril.
Assim, os demais passaram a dar falso presentes e pregar trotes para zombar. 
Mas não se sabe ao certo a origem da utilização do peixe.
Esse período era próximo da Quaresma, então o peixe era o presente mais comum.
Talvez porque o dia 1° de abril era o dia em que a pesca se tornava proibida, pois era o período reprodutivo.
E oferecer arenques aos pescadores era uma maneira de zombar deles.
Ou porque o peixe é o ultimo signo de inverno (europeu) do zodíaco. 
Em seguida, o hábito popular se instala: um peixe de verdade era pendurado nas costas das pessoas. 
Nos dias atuais, as crianças se divertem colando um papel em forma de peixe nas costas das pessoas. 





Nenhum comentário:

Exposição NAPOLEÃO - 200 anos da morte de Napoleão

Foto: Miriam Girardot Por mais admirado e polêmico, Napoleão Bonaparte é uma figura complexa cuja vida oscila entre heroísmo e tragédia, vit...