sexta-feira, 2 de maio de 2014

Exposição Van Gogh - o suicídio da sociedade

Foto: Miriam T. Girardot 

Uma belíssima exposição " Van Gogh  - o suicídio da sociedade" começou no dia 11 de março no Museu d'Orsay, com término previsto para o dia 06 de julho de 2014.   
Em 1947, o proprietário de uma galeria de arte parisiense propõe ao escritor Antonin Artaud à escrever um ensaio sobre o pintor Van Gogh. Partindo do oposto da teoria da alienação, Artaud tentou demonstrar como a lucidez superior de Van Gogh incomodava a consciência comum. O suicídio cometido em julho de 1890, aos 37 anos de idade, foi a maneira que ele encontrou para evitar as "verdades insuportáveis​​" daqueles que se incomodavam com a sua pintura. 
A escolha de associar o seu nome com o de Antonin Artaud não foi por acaso. O escritor sofreu 58 sessões de eletrochoques entre 1943 e 1945 no hospital de Rodez (Aveyron), morrendo em março de 1948, de um câncer inoperável.  
A exposição apresenta 45 pinturas, uma seleção de desenhos originais e cartas de Van Gogh, assim como uma seleção de obras gráficas do poeta-desenhista Artaud. 
E todas as 5as. feiras entre 19h00 e 20h00, o ator Jean-Luc Debattice faz leituras dos textos de Artaud sobre as pinturas de Van Gogh. 
Museu d'Orsay
Aberto de 3a.feira à domingo, das 9h30 às 18h00. Visita noturna nas 5as.feiras até as 21h15.
Tarifa: 11 €
Metrô: estação Solférino  -  linha 12  
Trem: RER C  -   estação Musée d'Orsay 

Nenhum comentário:

Oh Purée ! um pequeno restaurante parisiense de cuisine française

Foto: M. Girardot   Testando um novo restaurante, o @ohpuree_paris no 8, rue de Tournefort, no 5ème arrond., metrô Monge da linha 7. É um re...