sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Brassai, pelo amor a Paris


Foto: Miriam T. Girardot 

Brassai, pour l'amour de Paris !
"À Paris, eu estava à procura da poesia do barulho que transforma as coisas, a poesia da noite que transforma a cidade, a poesia do tempo que transforma os seres…"
A exposição gratuita no Hotel de Ville mostra a historia excepcional de uma paixão, aquela que uniu durante mais de cinqüenta anos o Brassai escritor, fotógrafo, cineasta, em todos os cantos da cidade, mas também à todos intelectuais, artistas, grandes famílias, prostitutas e malandros, enfim, à todos aqueles que fizeram a legenda de Paris. Ao longo de sua vida, Paris era o cerne de seu pensamento, o fio de sua obra.
Brassai nasceu em 1899 na cidade de Brasso, na Transilvânia. Ele tinha somente quatro anos de idade, quando acompanha o seu pai, um professor de literatura que decide passar um ano sabático em Paris. Apesar da pouca idade, esse período de encantamento o marcou por toda a vida. 
Esse fascínio o levou a retornar à Paris em 1924, após estudar Arte em Berlim. Ele se integra rapidamente no meio brilhante dos artistas e intelectuais dos Anos Loucos (Années Folles) como o escritor americano Henry Miller, Picasso, entre outros… 
O seu nome verdadeiro era Gyulus Halasz até começar a fotografar em 1929, quando ele passou a ser conhecido como Brassai. 
A exposição começou no dia 08 de novembro até o dia 08 março 2014.
Das 10:00 às 19:00 de segunda-feira à sábado. Fechado aos domingos e feriados.
Hotel de Ville, entrada pela 3, rue de Lobau

Um comentário:

A senhora disse...

Legal, você gostou?

Oh Purée ! um pequeno restaurante parisiense de cuisine française

Foto: M. Girardot   Testando um novo restaurante, o @ohpuree_paris no 8, rue de Tournefort, no 5ème arrond., metrô Monge da linha 7. É um re...