Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 36 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Em caso de furto em Paris

O Consulado-Geral em Paris tem verificado aumento substancial nos casos de furtos a turistas brasileiros na França. 

Recomenda-se, portanto, atenção redobrada a malas, bolsas, carteiras, sacolas e quaisquer bens que possam atrair a cobiça de assaltantes.

O Consulado-Geral alerta, igualmente, para a possibilidade de ocorrência de furto de bens pessoais deixados nos quartos de hotéis. 

A esse respeito, vale ressaltar que os estabelecimentos hoteleiros não se responsabilizam por bens pessoais (malas, câmeras, dinheiro, documentos, etc) deixados nos quartos, ainda que armazenados em cofres. 

Somente os bens deixados sob a responsabilidade da administração do hotel, devidamente registrados por escrito, poderão ser objeto de ressarcimento.

Tomem cuidado também durante café da manha nos hotéis, não deixar a bolsa na cadeira enquanto for se servir no buffet.

Nos lugares turísticos como os museus, monumentos, transporte publico e áreas de compras como Galeria Lafayette e arredores, há sempre batedores de carteiras esperando uma oportunidade...


Caso o turista brasileiro tenha passaporte furtado ou extraviado, pede-se registrar a ocorrência junto às autoridades policiais locais, bem como verificar os procedimentos para concessão de novo passaporte, clicando aqui.


CUIDADOS ESPECIAIS

Paris e outras cidades da França, como todo destino turístico, não estão isentas da ocorrência de furtos, roubos, atos de vandalismo ou golpes aplicados aos turistas estrangeiros, sobretudo no período de férias, quando estas práticas se intensificam.

Assim sendo, não carregue documentos pessoais junto com dinheiro ou cartões de crédito. Circule sempre com cópia do passaporte brasileiro e tenha anotado em local seguro o número dos cartões de crédito que possua, de modo a efetuar o cancelamento em caso de roubo ou furto.

Não perca de vista malas e bolsas, em particular nos hotéis, estações de trens/barcos, paradas de ônibus e aeroportos, mantendo-as sempre à vista e fechadas.

Esteja particularmente atento a estranhos que perguntam sobre endereços ou que esbarram em pessoas em lugares de maior aglomeração - metrôs, lanchonetes, restaurantes, cafés, calçadas - visto que um golpe comum é distrair turista enquanto um terceiro furta a carteira ou bolsa.

Desconfie de policiais que não se identificarem devidamente.

Não abra o porta-malas do carro na frente de todos e tampouco deixe objetos à mostra no interior do carro alugado.

Se, por acaso, for vítima de furto ou roubo, procure a delegacia de polícia mais próxima para registrar a ocorrência. 
Esse registro é indispensável para a obtenção de um passaporte novo.

Caso seus documentos e passaporte perdidos forem encontrados, o Consulado-Geral poderá devolver os documentos, mediante carta com firma reconhecida. 
O passaporte, no entanto, na forma da lei, será destruído.

Jamais aceite encomendas de pessoas estranhas ou aceite pacotes fechados, mesmo de amigos, ou permita que sua mala seja feita por outras pessoas. 
As penas por tráfico de entorpecentes são inafiançáveis e irredutíveis, podendo chegar à prisão perpétua.

Fonte: Consulado Brasileiro em Paris - http://cgparis.itamaraty.gov.br/pt-br/casos_de_furto.xml






Nenhum comentário: