Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 36 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


segunda-feira, 29 de julho de 2019

Parfums de Marly em Paris


Photo by ©Miriam Girardot 
No século XVIII, duas paixões devoravam o rei Louis XV: o perfume e os cavalos puro sangue. 
Se Grasse era a capital mundial do perfume, Versalhes era o orgulho e a glória  da criação de cavalos. 
O rei ganhou 8 cavalos puro sangue árabes do rei da Tunisia, que foram cruzados com a alta e forte raça européia.

Sua paixão era tão grande que tornou o Castelo de Marly, construído por seu Louis XIV, e onde aconteciam festas suntuosas, como o local para o bem estar dos cavalos. 

Encomendou ao Guillaume Coustou, as estátuas dos Cavalos de Marly ( Chevaux de Marly) em mármore para decorar a propriedade. Uma vez demolido o castelo, as estátuas foram transferidas na abertura da avenida Champs Elysées. Atualmente, as originais encontram-se no Museu do Louvre.
Photo by ©Miriam Girardot 
Em 2009, o Parfums de Marly foi criada por Julien Sprecher,  inspirada no universo do séc. XVIII, período do esplendor de uma era do ouro da perfumaria, quand a corte de Louis XV era chamada de "La Cour parfumée - A Corte Perfumada"e que alia aos melhores perfumes criados naquele período. 

Todos os perfumes da marca levam nomes de cavalos: Derval, Pégaso, Layton, Percival, Delina, Athalia, Cassili, Meliora, Darcy, Sedbury, Safanad, Galloway, Herodes, Byerley…

Lamar Donatto - Photo by ©Miriam Girardot 


Parfums de Marly - 26, rue Cambon - 75001
Funciona das 10:00 às 19:30




quinta-feira, 25 de julho de 2019


Por causa da poluição em Paris, hoje,  dia 25 de julho, o bilhete anti-poluição é vendido por 3,80€, nos guichês e nas máquinas.

Válido por 1 dia, das 5:00 da manhã às 3:00 da manhã, em toda região Ile de France, em todos os modos de transporte: metrô, trem RER, ônibus e tranway.

Com exceção do Orlyval, ônibus Le Bus Direct Paris Aeroport, ônibus VEA Disney.

Acesso ao aeroporto CDG pelo trem RER B, Roissybus ou Filéo.

Acesso ao aeroporto de Orly via Orlybus e Go C  Paris (Orlyrail).

Venda autorizada até meia-noite do dia 25 de julho.

Mais uma dica da sua guia brasileira em Paris !
Contato: guiaemparis@outlook.com


quarta-feira, 3 de julho de 2019

Jim Morrison no Cemitério Père Lachaise em Paris

Foto: Miriam A. T. Girardot 

Hoje, dia 03 de julho, faz 48 anos que o cantor, compositor e poeta, Jim Morrison, faleceu.

Vocalista do grupo de rock The Doors, veio morar em Paris quando o grupo se desfez, na primavera de 1971.

Como não foi feita a autópsia do corpo, nunca se soube oficialmente a causa do seu falecimento.

Jim Morrison entrou no mítico "clube dos 27" - que são as estrelas do rock que morreram com 27 anos: Janis Joplin, Jimi Hendrix, Robert Johnson, Brian Jones, Alan Wilson, Kurt Cobain e Amy Winhouse.

Enterrado no Cemitério Père Lachaise com a presença de apenas cinco pessoas. É hoje, um dos túmulos mais visitado do cemitério.

Muitos fãs vindos de vários países, prestam uma homenagem neste dia, em frente do seu túmulo... 

Flavio Tonin - foto: Miriam A.T. Girardot