Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 36 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Nuit Blanche 2018 em Paris


A Nuit Blanche que gosto de traduzir como a Noite em Branco, está marcada para o dia 06 de outubro, um sábado. 
Durante toda a noite, podemos descobrir lugares desconhecidos, visitar exposições gratuitamente, encontrar artistas e músicos, e ter experiências insólitas.
São 4 lugares onde serão instalados os percursos para esse evento espetacular: Invalides, Ilha Saint Louis, La Villette e Porte Dorée.

Musée de l'Armée - das 19:00 à 1:00
129, rue de Grenelle, 7ème
Visita gratuita ao Dôme des Invalides e ao túmulo de Napoleão I que morreu no exílio.
Concerto com a cantora síria Waed Bouhassoun acompanhada de músicos da Orquesta Orpheus XXI, criada por Jordi Savall, numa sala que habitualmente fechado ao publico. 

Musée du Luxembourg - das 19:30 às 1:30
19, rue de Vaugirard, no 6ème 
Visita à exposição Alphonse Mucha que apresenta 195 obras Art Nouveau. Durante a visita haverá apresentação de musica e danças originais criadas  especialmente para Mucha. 
Collège des Bernardins - das 20:00 às 6:00
20, rue de Poissy, 5ème
Uma instalação do artista contemporâneo francês Abdelkader Benchamma inspirados em reflexões sobre o espaço e sua realidade física, seus limites e áreas de contato. Eles operam em diversões, modulações de objetos atestando possíveis disfunções em nossa relação com lugares e coisas.
Pesquisador apaixonado pelo "átomo primitivo", Georges Lemaître vai ver "o eco desaparecer do mundo da formação" e inventar a teoria do "Big Bang", formalizando o crescimento contínuo do universo paralelo até à sua prática religiosa. 

Palais de la Porte Dorée - das 18:00 às 4:00
293, avenue Daumesnil, 12ème
Durante toda a noite, podemos questionar a nossa vida presente e da nossa sociedade através de instalações e através de um doce, a Candy-grafia, o símbolo do patrimônio imaterial em nossas sociedades.
Existem dúvidas sobre a nossa relação com as coisas simples que nos escapam, como a água, e nossa relação com as coisas "criadas" pelos homens que ainda nos parecem tão comum. 
Benjamin Loyalty questiona aqui o comum, essa "materialização de um invisível" mais coletivo do que parece.
O elemento exposição principal, a Candygraphie, uma bala, cuja forma evoca uma estranha arqueologia vinda da Mesopotâmia, que nos leva à introspecção e nos faz pensar nas  memórias vivas.  

Pont Alexandre III - das 19:00 às 2:00
O coletivo Thanks for Nothing se apresentará na área que vai dos Invalides ao Grand Palais, passando pela Pont Alexandre III transformada em "Pont des Echanges ou Axe Républicain - Ponte das Trocas ou Eixo Republicano", que propõe performances, leituras e projeções de artistas contemporâneos, e 16 food-trucks…

Para conferir a programação clique aqui



Nenhum comentário: