Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 36 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


terça-feira, 21 de novembro de 2017

Vapiano em Paris

Foto: Miriam ATG
Apesar do restaurante Vapiano servir comida italiana, ela foi fundada por alemães, em 2002, na cidade de Hamburgo.

A rede de restaurantes tem como marca a preparação dos pratos com produtos frescos, num ambiente "fast casual". 

A decoração do restaurante é apurado, com bar e espaço lounge, muros vegetais, grandes mesas em volta de uma bela oliveira, vasinhos de ervas aromáticas nas mesas que os clientes podem se servir e "personalizar" seu prato.

Chegando no restaurante, um cartão é dado a cada cliente que se dirige ao balcão dividido assim: 
- Salada & Antipasti
- Pasta & risotto
- Pizza

O cliente faz o pedido diretamente ao "chef" que prepara o prato na sua frente, sempre perguntando se deseja que seja colocado alho, queijo ralado (que é ralado na hora), salsinha…

Foto: Miriam ATG 
Para cada pedido é usado uma espátula e uma panela limpa. 

Entre os espaços no balcão há uma mesinha equipada com bandeja, pratos, talheres, copos, guardanapos. 

Se o prato pedido foi pasta, podemos escolher os tipos de pasta (spaguetti, fuzilli, penne, linguine…) produzidos no próprio restaurante, assim como a massa da pizza, os molhos e as sobremesas.

O cliente que se serve, o chef apenas coloca o prato na bandeja, juntamente com um prato com pão fatiado quando o cliente pede. Pergunta se deseja uma bebida e o valor total é digitado e o cliente apenas passa o cartão que lhe foi entregue na chegada no local próprio onde os valores são creditados.

A garrafa de água (gratuita) é o cliente que pega no bar, assim como as sobremesas, que são contabilizadas no cartão e que deve ser pago na saída do restaurante.

Foto: Miriam ATG 
A Vapiano encontra-se nos cinco continentes e 32 países. 

Eu conheci a Vapiano de Londres, gostei e fui testar o de Bercy Village.
Comparei os preços e para a minha surpresa, o preço praticado na capital inglesa é mais barato do que aqui.

Na França, a marca foi aberta em 2010 e já possui 11 restaurantes.

Em Paris

- 36, rue Marbeuf, 8ème arrond.
Todos os dias das 11:00 à 1:00, aos sábados até às 2:00

- Bercy Village, 12ème arrond. 
2a. a 5a.feira das 11:00 à meia-noite e meia
6a.feira e sábado das 11:00 à 1:30
Domingo das 11:00 à meia-noite e meia
Durante as férias das 11:00 à meia-noite

- Centre Commercial Les 4 Temps, La Défense
Todos os dias das 11:00 às 23:15

- 2, Place du Dôme Centre, La Défense
Todos os dias das das 10:00 à meia-noite, às 6as.feiras e sábados até à 1:00

- Centre Commercial Créteil Soleil

Todos os dias das 11:00 à meia-noite, às 6as.feiras e sábados até à 1:00 

"Chi va piano va sano e va lontano - quem vai lentamente, vai sã e longe"

Nenhum comentário: