Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Como é o último dia do ano em Paris ?


Todo final de ano é a mesma coisa,  aproximadamente 1 milhão de turistas se concentram nos quase dois quilômetros da avenida Champs Elysées, à espera de queima de fogos ou algo mais animado… 
Faz frio, meia-noite chega e nada acontece… 
Decepção total !
Os fogos de artifícios em Paris  acontecem somente no dia 14 de Julho.  
A única vez que houve fogos no dia 31 de dezembro foi no réveillon de 2000.
Por causa de inúmeros acidentes em réveillons anteriores, é proibido circular nas ruas com garrafas de bebida em vidro das 20h00 às 5h00 da madrugada na Champs Elysées, no Trocadéro e do Champ de Mars, esses dois últimos lugares localizados próximos da Torre Eiffel.
Por isso, nem pensar em sair na rua com uma garrafa de Champagne na mão.
Até mesmo vender qualquer bebida alcóolica em copos de vidro ou condicionada em algo de vidro é proibido nessas áreas citadas anteriormente.
A policia local avisa que os bêbados que forem encontrados "errando" pelas ruas parisienses, podem acabar a noite numa cela de prisão e com uma multa até 135 euros. 
O conselho é que utilizem o transporte publico que normalmente é gratuito das 17h00 do dia 31 de dezembro até o dia 1° de janeiro ao meio-dia.
Encontrar um bom restaurante na última hora é missão impossível, além dos preços exorbitantes.  
Por exemplo, o Moulin Rouge que propõe um réveillon com jantar e show a 680 € por pessoa, já está esgotado. Clique aqui
Passeio de barco e  jantar custa entre 380 a 580 € pela companhia Bateaux Parisiens, ainda é possível conseguir reservas. Clique aqui
O excelente restaurante da Opéra de Paris oferece um jantar a 215 € com bebida incluída. Clique aqui  
Aproveitando o lançamento do filme de Astérix - Le domaine de Dieux (A Terra dos Deuses),  um jantar de réveillon no restaurante "Nos Ancêtres Les Gaulois", um restaurante que oferece um menu único (buffet) há 40 anos, num ambiente medieval e festivo. O menu à 80 €. Clique aqui
Tem o VIP New Year - Champs Elysées (na verdade, há 200 metros da famosa avenida), com uma pista gigante com capacidade para mil pessoas, com entrada de 65 a 85 €, com direito à 10 consumações e o buffet, se vale a pena, não sei dizer. Clique aqui
Todos os lugares é com reserva obrigatória.  
Apesar do período de festas, os preços dos hotéis aqui não quadruplicam como no Brasil.
Então, se você vem sem aquela expectativa de passar uma noite de réveillon maravilhosa, poderá ter uma boa lembrança da sua estada em Paris nesse período. 
O que estará aberto no dia 1° janeiro:

Tour Eiffel
Catedral Notre Dame de Paris
Museu de l'Orangerie
Centre Pompidou 
Museu de Histoire Naturel 
Musée Jacquemart-André  
Museu do Erotismo
Espace Dali
As pistas de patinação no gelo, sendo uma delas no Hotel de Ville.
E todos os cinemas !


Nenhum comentário: