Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


domingo, 22 de setembro de 2013

O café dos gatos em Paris !

Foot: Miriam T. Girardot
O 1° café de gatos foi inaugurado em setembro de 2013.

O sucesso de centenas de Neko (gato) cafés no Japão, onde os clientes pagam para interagir com os gatos enquanto saboreiam um café, inspirou Margaux Gandelon, a abrir "Le Café des Chats" com o acordo e suporte da SPA - Sociedade de Proteção dos Animais. 

Foi necessário investir 40 mil euros, dos quais 35.754 euros foram arrecadados através do Crowfunding (um site de participação coletiva). 

Os gatos são provenientes de associações que recolhem animais abandonados. São todos vacinados, sempre aos cuidados da equipe do café,  assim como, por veterinários. 

O lugar é calmo, mas lúdico, ao mesmo tempo em que as pessoas sozinhas podem se repousar, ler tomando um chá, para as crianças é um local cheio de descobertas, mas sempre respeitando os gatos. 

Eles não podem ser manipulados ou perturbados enquanto estiverem dormindo, terão muito espaço aéreo, fora do alcance dos seres humanos para satisfazer as suas necessidades de independência e de calma. 
Com tantos gatos que habitam o local, não vai demorar muito para que um gato vá até você. 
E que fique bem claro, o gato sim, terá todo o direito de pular em você, ronronar no seu colo, miar...

É estritamente - realmente estritamente - proibido de dar qualquer comida para gatos: a boa comida do seu prato não é adequado para um gato e mesmo se você desejar dar-lhe um "pequeno pedaço", apenas imagine que outras 50 pessoas façam a mesma coisa todos os dias, o que pode levar os felinos a sofrerem de obesidade, diabete, etc. 

Os gatos têm ração de boa qualidade disponível, com fonte de água doce, se beneficiando de um regime adaptado !  

Eles possuem seu próprio espaço no Café, sendo que a cozinha é um local proibido aos felinos, tudo dentro das normas de higiene sanitária. 

O Café dos Gatos serve café da manhã, brunch, almoço e lanches. 

Tudo é preparado de maneira artesanal, com um máximo de produtos orgânicos e frescos.

Haverá sopas no inverno, saladas e sorvetes no verão, assim como sucos frescos, smoothies… 

E sempre com uma grande variedade de chás. 


Os clientes pagam somente o que consumirem !

Nos finais de semana é servido três tipos de Brunch, a 18 €, 25 € e 32 €.

Funciona de 3a.feira a domingo.

Abre a partir do meio-dia até às 22:30.

De 6a.feira e sábado fecha as 23h00.

Le Café des Chats 

9, rue Sedaine, no bairro da Bastille.
Funciona sem sistema de reserva.

Para ver o mapa

Um comentário:

A senhora disse...

A foto do Bombril está bacana nesse post. A Maria ia adorar beber um chá com todos esses gatinhos em volta.