Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


domingo, 19 de maio de 2013

Chocólatra ou Chocoholic ?


Foto: Miriam ATG 
Não importa, vá conferir a Maison Larnicol !
O chocolatier Georges Larnicol premiado em 1993, nos surpreende com sua criatividade, basta olhar as vitrines que ficamos com água na boca… 
Além dos chocolates, produz vários tipos de biscoitos, balas de caramelo, macarrons e outros doces. 

Foto: Miriam ATG

Doce de leite em potinhos charmosos com uma colher, pronto para ser 
degustado !
Foto: Miriam ATG 
 Também produz pequenos objetos e peças artísticas feitas em chocolate para ocasiões especiais, como o Dia dos Pais. 

Foto: Miriam ATG
Foto: Miriam T. Girardot 
A loja em Montmartre possui um pequeno museu com monumentos parisienses feitos de chocolate como a Catedral Notre Dame de Paris, o Arco do Triunfo, a Vênus de Milos, a Torre Eiffel…

Foto: Miriam ATG 
Foto: Miriam ATG 
Atualmente há quatro lojas nos melhores pontos de Paris:
    7, rue de Steinkerque, em Montmartre
132, Boulevard St-Germain
  14, rue de Rivoli
  19, rue de la Harpe, em  Saint Michel

Maison Georges Larnicol clique aqui




sexta-feira, 17 de maio de 2013

Montmartre, um dos bairros mais pitorescos de Paris


Foto: Miriam ATG 





Quando ouvimos o nome do bairro de Montmartre pensamos imediatamente na Basílica Sacré-Coeur. Ela como a Torre Eiffel, podemos avistá-la de quase todos os pontos de Paris, pois se encontra em um dos pontos mais altos da cidade. 
A idéia de construir uma igreja dedicada ao "Sagrado Coração" surgiu depois da derrota da guerra Franco-Prussiana (1870), como um sinal de penitência, confiança, esperança e fé.
Na época, a construção de uma basílica dedicada ao Coração de Cristo é incomum em comparação com a série de basílicas dedicadas a Maria, construído durante o mesmo período: Lourdes, Notre-Dame de Fourvière, em Lyon, Notre-Dame de la Garde em Marselha. 
A arquitetura eclética da basílica foi inspirada no estilo romano-bizantino, seguindo o  modelo das igrejas como Santa Sofia de Constantinopla, a de Sao Marcos de Veneza ou Ravenna. 
Foi construída em pedra de travertino, uma espécie de rocha calcária que garante o aspecto branco da basílica.  
Em 1875 foi colocada a primeira pedra. Sendo concluída em 1914, mas por causa da Primeira Guerra Mundial, ela foi consagrada basílica somente em 1919.  
Não é uma igreja paroquial, mas um santuário independente, um lugar de peregrinação, onde o Sagrado Coração de Cristo é venerado dia e noite há mais de um século.
Ela é aberta das 6:00 da manhã às 22:00, sendo o acesso livre ao público em geral. 
A "Noite de Adoração" acontece todas as primeiras sexta-feiras de cada mês, até a meia-noite o acesso é livre à todos. Mas para permanecer a noite toda, é preciso fazer inscrição com um mínimo de 24 horas de antecedência pelo telefone 01 53 42 89 03 ou por e-mail: adoration@sacrecoeurdemontmartre.fr 
A Basílica Sacré-Coeur recebe mais de 10 milhões de peregrinos e turistas por ano.
Foto: Miriam ATG
Estátua de St-Denis, o bispo romano que cristianizou os parisienses, no Square Suzanne Buisson

Le Passe-Muraille - Foto: Miriam ATG 
Foto: Miriam ATG
Les murs des je t'aime - Muro dos te amo - Os turistas gostam de tirar fotos apontando a frase "te amo" no idioma deles. Alguns casais mais românticos gostam de se beijar...

Foto: Miriam ATG 

Foto: Miriam ATG
A igreja St-Jean de Montmartre é de uma beleza e uma tranqüilidade incrível se comparada à vizinha Basilica Sacré-Coeur. 

Foto: Miriam T. Girardot 
                 O interior da Igreja de St-Jean de Montmartre


segunda-feira, 13 de maio de 2013

O que apresentar à Imigração Francesa em Paris

Informações fornecidas pelo Consulado-Geral do Brasil em Paris:

Não há necessidade de visto de entrada para turistas brasileiros, na França, para uma estada de até 90 dias. Tendo em vista que o ingresso na Europa, via Paris, dá direito de acesso e circulação por todo o território da União Européia, é conveniente que, ao ingressar, o turista certifique-se de que o seu passaporte foi carimbado, com registro da data de entrada.
No entanto, ao desembarcar, o turista deve estar habilitado a comprovar às autoridades de imigração sua condição de turista. Para tanto, deverá poder apresentar :
  • bilhete aéreo de ida e volta
  • prova de que dispõe de recursos financeiros suficientes para manter-se durante sua permanência (a legislação francesa exige um mínimo de 40 euros por pessoa por dia)
  • comprovante de reserva de hotel ou certificado de hospedagem reconhecido pela prefeitura ("mairie") do bairro ou cidade em que reside o anfitrião, que deverá ter residência legal na França casa de residente legal
  • comprovante de seguro-saúde para o período  da viagem, de no mínimo 30.000 euros
Nos casos de visto de estudante, assegurar-se de que o visto concedido no Brasil permite viajar por outros países europeus.
Note bem que o Consulado-Geral não pode atuar como agente de imigração junto às autoridades imigratórias da França. 
Nestes casos, é necessário consultar as autoridades francesas, em geral, a "Préfecture de Police"da região ou cidade na qual se encontra o interessado ou a página www.prefecture-police-paris.interieur.gouv.fr, de modo a informar-se sobre todas as questões relativas à permanência, entrada, saída e prorrogações ou mudança de tipo de visto na França.

Consulado-Geral do Brasil em Paris clique aqui


Orientações gerais para quem vai viajar ao exterior pelo Portal Consular:

Documentos
- Providencie seu passaporte com pelo menos um mês de antecedência.
- Verifique o prazo de validade do passaporte e dos vistos.
- Ao receber passagens, confira os dados e serviços solicitados.
- Leve sempre uma cópia de seu passaporte.
- Leve carteira de motorista internacional: mesmo que não pretenda alugar carro, você pode precisar dela.
- Alguns países exigem vacina contra febre amarela. Verifique essa e outras possíveis exigências junto à representação do país estrangeiro no Brasil que Você irá visitar. 

Bagagem
- Identifique sua mala (nome, endereço, telefone, e uma fita colorida para identificá-la mais fácil).
- Leve apenas o essencial.
- Na mala de mão, leve sempre uma muda de roupa e um casaco.
- Confira a voltagem do país e leve adaptadores de aparelhos elétricos.

Aeroporto
- Reconfirme o vôo de ida ou volta pelo menos 24 horas antes.
- Chegue ao aeroporto no mínimo duas (2) horas antes do embarque.
- Ao embarcar para o exterior, registre os equipamentos eletrônicos (câmera fotográfica, filmadora, computador, celular etc) na Delegacia da Receita Federal do aeroporto.
- Nunca deixe sua bagagem desacompanhada.
- No aeroporto, não aceite pedidos para levar encomendas.
- Responda com seriedade às perguntas da Polícia Federal e da imigração.

Dinheiro
- Evite carregar notas de valores altos.
- Leve um ou mais cartões de crédito internacionais.
- Traveller's checks são seguros e bem aceitos, mas para trocar é necessária a apresentação do passaporte ou cópia.
- Nunca transporte todo o dinheiro num só lugar.
- Leve uma pequena quantia em dinheiro local ou troque pequenas quantias no aeroporto para despesas de táxi, gorjetas e só depois procure taxas de câmbio melhores.

Pacotes de viagem
- Confira nos vouchers os dados e serviços solicitados.
- Se um serviço incluso no pacote não acontecer, tome as providências necessárias mas peça recibo para reembolso.
- Leia com atenção as condições gerais do pacote.

Saúde
- Leve os próprios medicamentos, já que é dificil comprar remédios sem receita médica no exterior.
- Faça um seguro saúde, sua garantia em casos de emergência.

Hotéis
- Lembre-se que o horário de entrada (check in) costuma ser às 14h ou 16h e o de saída (check out) às 12h.
- Se fizer ligação do quarto será cobrada uma taxa.
- As taxas do canal de televisão pago (pay channel) costumam ser caras.
- Guarde dinheiro e objetos de valor no cofre do hotel.

Carros
- Verifique marca e modelo antes de reservar.
- Faça sempre um seguro.
- Deixe para abastecer fora da locadora, pois a gasolina é mais barata.
- Respeite as leis de trânsito e os limites de velocidade no exterior, pois as multas são caras.

Passeios
- Verifique a segurança geral do lugar que quer conhecer.
- Confira os horários dos costumes locais (shoppings, restaurantes, etc.)
- Qualquer problema ou dúvida peça ajuda a um policial.
- Guarde os recibos das compras e não se esqueça que as taxas (impostos)  não estão no valor da etiqueta.
- Quando sair, leve sempre o telefone e endereço do hotel.

Portal Consular clique aqui

Cuidados que os turistas brasileiros devem tomar quando estiverem em Paris

ATENÇÃO
O Consulado Geral do Brasil alerta os turistas brasileiros para a possibilidade de ocorrência de furto de bens pessoais deixados nos quartos de hotéis.
A respeito, vale ressaltar que os estabelecimentos hoteleiros não se responsabilizam por bens pessoais (malas, câmaras, dinheiro, etc.) deixados nos quartos de hotéis e/ou nos seus cofres.
Somente os bens deixados sob a responsabilidade da administração do hotel, devidamente registrados por escrito, poderão ser objeto de ressarcimento.

CUIDADOS ESPECIAIS
Paris e outras cidades da França, como todo destino turístico, não estão isentas da ocorrência de furtos, roubos, atos de vandalismo ou golpes aplicados aos turistas estrangeiros, sobretudo no período de férias, quando estas práticas se intensificam.

- Assim sendo, não carregue documentos pessoais junto com dinheiro ou cartões de crédito. 

- Circule sempre com cópia do passaporte brasileiro e tenha anotado em local seguro o número dos cartões de crédito que possua, de modo a efetuar o cancelamento em caso de roubo ou furto.

- Não perca de vista malas e bolsas, em particular nos hotéis, estações de
  trens/barcos, paradas de ônibus e aeroportos, mantendo-as sempre à
  vista e fechadas.

- Esteja particularmente atento a estranhos que perguntam sobre
  endereços ou que esbarram em pessoas em lugares de maior
  aglomeração - metrôs, lanchonetes, restaurantes, cafés, calçadas - visto
  que um golpe comum é distrair turista enquanto um terceiro furta a
  carteira ou bolsa.
  Primeira reação quando alguém esbarrar em você é colocar a mão na sua     carteira para verificar que está bem guardada.

- Desconfie de policiais que não se identificarem devidamente.

- Não abra o porta-malas do carro na frente de todos e tampouco deixe
  objetos à mostra no interior do carro alugado.

Se, por acaso, for vítima de furto ou roubo, procure a delegacia de polícia  mais próxima para registrar a ocorrência.
 Este registro é indispensável para a obtenção de um passaporte novo.
 Caso seus documentos e passaporte perdidos forem encontrados, o  Consulado-Geral poderá devolver os documentos, mediante carta com  firma reconhecida. O passaporte, no entanto, na forma da lei, será  destruído.

- Jamais aceite encomendas de pessoas estranhas ou aceite pacotes
  fechados, mesmo de amigos, ou permita que sua mala seja feita por
  outras pessoas. 
  As penas por tráfico de entorpecentes são inafiançáveis e irredutíveis,
  podendo chegar à prisão perpétua.

- Leve consigo os endereços e telefones das Embaixadas e Consulados
  brasileiros no seu país de destino. Em caso de dificuldade, não hesite  em contatá-las.

- Em situações graves e de comprovada emergência (acidentes,  mortes,  prisões e outros assuntos realmente graves), o Consulado-Geral  poderá ser contatado pelo telefone n° : 06 80 12 32 34 (ligando da França).

Consulado-Geral do Brasil em Paris clique aqui
65, avenue Franklin Roosevelt - 75008
Metrô: Saint-Philippe-du-Roule



Telefones úteis em Paris

Lista de telefones fornecida pelo Consulado-Geral do Brasil em Paris:
  • Brasil via Embratel - França: 0800 99 00 55
  • Comissariado de polícia de Charles de Gaulle : 01.48.62.31.09
  • Violência conjugal info: 3919
  • Achados e Perdidos: Préfecture de Police
    Objets Trouvés
    36 rue des Morillons
    75015 Paris
    Tel : 0 821 002525
  • Urgências Médicas :
    SAMU: 15
    Bombeiros: 18
    Police: 17
    SOS Medecins: 01.47.07.77.77
    SOS Dentistes: 01.43.37.51.00
    SOS Cardiologie: 01.47.07.50.50
    SOS Psychiatrie: 01.47.07.24.24
    Médecins du Monde : Centre d'Accueil et d'Orientation pour l'accès aux soins et l'Aide Médicale d'Etat (AME)
    65 bis av. Parmentier
    75011 Paris
    Tel: 01.43.14.81.81