Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 36 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

A Ladurée vai ser vendida ???

Foto: Miriam Girardot


Uma notícia que está dando o que falar nos últimos dias é sobre a venda da Ladurée.
Fundada em 1862, ficou famosa pelos seus macarons, mas se diversificou seus produtos (de pâtisserie, salgados além dos chaveiros, velas, écharpes…) após ter sido adquirida em 1993, pela família Holder, a mesma proprietária da rede Paul.

David Holder há 27 anos na presidência da Ladurée, fez um comunicado recentemente que está refletindo sobre uma nova estratégia para a Ladurée, ou seja, a entrada de capital através de um novo acionário (especializado no turismo e no luxo), mas que ele permanecerá como presidente da empresa.

Com a pandemia e a ausência de turistas estrangeiros, o faturamento em 2020, caiu em dois terços, para menos de 50 milhoes de euros, o que dificulta manter a estrutura da empresa, que possui 41 lojas na França, 66 lojas em 22 países e cerca de 1760 funcionários.
As lojas do Japão e do Oriente Médio são as únicas que continuam operando como antes do aparecimento do covid.

A Ladurée da Champs Elysées inaugurada em 1997, representa um terço das vendas na França. Tão elegante quanto o 1° endereço da marca, na rue Royale, n°16, é na avenida mais famosa do mundo que possui um espaço perfeito. Funciona como restaurante, salão de chá, bar e um espaço take away.

Aliás, a Ladurée foi uma das primeiras a criar o salão de chá em Paris, no período do 2° Império, em que a moda eram os cafés luxuosos.
A esposa de Louis Ernest Ladurée teve a idéia de misturar o café parisiense e a pâtisserie, surgindo assim, o salão de chá que acolhia as mulheres com toda a liberdade.

O meu endereço favorito é o da Champs Elysées, que sempre incluo no roteiro dos meus clientes.
E quase sempre sem fazer fila. 
Quando passar essa pandemia, venha fazer uma visita guiada comigo !

Instagram: @guia_brasileira_em_paris

E-mail: guiaemparis@outlook.com


WhatsApp +33 6 63 26 60 71


www.parisacidadedosnossossonhos.com



Nenhum comentário: