Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 36 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Bicicletas da Ofo em Paris

Foto: Miriam ATG
Quem já viu essas bicicletas amarelas pela ruas de Paris ?

O interessante é que elas ficam largadas nas ruas, diferentes das vélibs - as bicicletas para locação da Prefeitura de Paris.

Na França, Paris é a primeira cidade onde essas bicicletas da Ofo chegaram, no inicio de dezembro, devendo ser implantadas nas cinco principais cidades francesas.

A startup Ofo foi lançada em 2014 por dois alunos de Pequim e já estão presentes em cerca de 200 cidades, com uma frota global de 10 milhões de bicicletas. 

Elas pesam 15kg e são mais leves que as concorrentes, que pesam ceca de 20kg. 

Por enquanto, o uso das bicicletas são gratuitas neste mês de dezembro. 

A Ofo não fixou os preços na França, mas devera custar 0,50 € por meia hora de pedalada, o mesmo preço da concorrente de Hong Kong, a Gobee.bike.

Para usá-la, basta baixar o aplicativo no seu smartphone através do Apple Store ou Google play. 

Depois escanear o código QR para destravar a bicicleta e pronto para passear !


A aplicação permite geolocalizar uma bike, que pode ser deixada em qualquer lugar sobre uma calçada, desde que se respeite o espaço publico, bastando travar o dispositivo. 

Foto: Miriam ATG 

Nenhum comentário: