Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


terça-feira, 11 de outubro de 2016

Museu Carnavalet em Paris está fechado para reformas

Foto: Miriam ATG 
O Museu Carnavalet no bairro do Marais, que apresenta a História de Paris em ordem cronológica, um museu maravilhoso e gratuito, fechou no dia 03 de outubro 2016 para reformas até o final de 2019.

Foto: Miriam ATG 


segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Feira do Chocolate de Paris 2016


A Feira do Chocolate de Paris reúne cerca de 200 chocolateiros europeus e internacionais em Paris. 

É a oportunidade para os visitantes de descobrir as novas tendências de chocolate e de comprar produtos refinados. 

Cerca de 500 participantes da França e do estrangeiro serão reunidos num espaço de 20.000m2: chocolateiros, chefes confeiteiros, doceiros, país produtores de cacau, designers e experts que irão se revezar para mostrar ao público suas receitas, ateliês, conferências e outras atividades em torno do chocolate.

Vestidos feitos de chocolate 
Datas: 28 /10/2016 ao 1°/11/2016

Local: Porte de Versailles - Pavilion 5

Metrô: 
Porte de Versailles linha 12
Balard linha 8
Porte de Versailles Tranway T2 e T3 

Horário: 10h00 as 19h00

Ingresso:
   14 € - preço normal
6,50 € - criança de 3 a 12 anos
   35 € - 2 adultos + 2 crianças (3 a 12 anos)




domingo, 9 de outubro de 2016

Yoga Festival Paris 2016


Como acontece com grande sucesso em Londres, Berlim, Milão, Barcelona, ​​Toronto ou Nova York, o Yoga Festival será realizado em Paris pelo 4° ano consecutivo.

Atendendo o crescente interesse na prática de yoga e da filosofia, a equipe de Yoga Journal organiza o festival durante 4 dias em outubro.

O Festival Yoga procura mostrar a dimensão social da yoga, em sua relação com a saúde, a velhice, a educação, em sua relação com a ciência, o feminino... 

Não pense que o festival é somente para os aficionados, mas também para os neófitos e curiosos sobre essa arte de viver milenar.  

É um evento que reflete a diversidade de abordagens e expectativas do público, com os espaços "descoberta", cursos gratuitos, de master classes (na Cité des Sciences), de ateliês de aprofundamento, demonstrações, cursos para crianças, ateliês para aprender a se alimentar, conferências, debates, música, concertos,  120 expositores, num espaço de 3000m².

Em 2015, no Yoga Festival de Paris, mais de 46 mil pessoas visitaram e 8 mil pessoas praticaram a yoga durante esse evento. 

Datas: 21 a 24 outubro de 2016

Local: Paris Event Center - Porte de la Villette


Ingresso gratuito - fazer o download do convite -  téléchargez votre invitation, cliquez ici

Mundial de Automóveis 2016 em Paris


A cada 2 anos acontece em Paris, o evento internacional dedicado ao universo automobilístico: o Salon Mondial de l'Automobile. 
Em 2014 foram mais de 1.1250.000 visitantes, sendo um dos salões mais importantes, seguido por Tóquio e Frankfurt.
São expostos cerca de 200 marcas de fabricantes de automóveis, o desenvolvimento dos mais recentes protótipos de marcas de veículos, animações em torno do automóvel …
Data:
01 ao 16 outubro 2016

Local: Paris Expo Porte de Versailles

Metrô: 
Porte de Versailles linha 12 e Balard linha 8

Horario: 
10h00 as 20h00
Na 5a e 6a.feira até as 22h00

Ingressos
16 € - adulto
25 € - 1 adulto + 1 jovem
34 € - 1 adulto + 2 jovens 

Site oficial: http://www.mondial-automobile.com


quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Oktoberfest 2016 em Paris

Há mais de 200 anos, a Oktoberfest tem dado o ritmo às primeiras semanas do outono. 
Essa festa imperdível da cultura bávara e alemã tornou-se tão popular que ela foi exportada para vários países. 
O ano passado, a Oktoberfest em Paris pela primeira vez e esse ano acontece novamente, a partir de hoje, dia 06 a 16 de outubro, no Paris Event Center.

A cerveja que será servida é a mesma que em Munique, a Paulaner Oktoberfest Bier, que é especialmente feita para essa festa, no melhor de suas variações: cerveja clara, escura e duas sem álcool. 

Todos os ingredientes estão reunidos para que você possa encontrar em Paris a atmosfera típica da Oktoberfest: música tradicional, pista de dança, concursos, sorteio de 10 passagens ida/volta para a Alemanha... 
Em uma decoração típica de Munique, também é possível provar as especialidades autênticas. Direto da Baviera e de Nuremberg, não perca as receitas tradicionais alemãs. 

Mas o prato que tradicionalmente acompanha a cerveja em Munique, não é a salsicha, mas o meio frango assado acompanhado por batatas e salada de pepino a 14,90 €. 
Também não faltará o joelho de porco servido crocante com molho de cerveja marrom, chucrute e bolinhos a 17,50 €. 
Para os fãs de Wurst, uma seleção dos 1.500 tipos de salsichas, chucrute e pão a 12,50 €.

A massa alemã mais popular spätzle com queijo da montanha e cebolas fritas a 12,90 €.
No dia 09, domingo, haverá um brunch das 11h30 as 16h30. A  entrada custa 5€ e na hora 8 €, crianças menores de 12 anos é gratuito.
Lembrando que esse evento noturno é  apenas para maiores de 18 anos
Reserva obrigatória  http://www.oktoberfestparis.fr/billetterie/
Preços a partir de 25 € com direito à consumação 
Durante a semana funciona das 18h30 as 23h30
Durante os finais de semana das 11h30 as 16h00
Endereço: 20, avenue de la Porte de la Villette, no 19eme arrrond
Metrô: Porte de la Villette linha 7 
Clique aqui para ver o mapa 


segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Ano Novo Judaico


Rosh Hachana é a festa de ano novo judaico, quando se comemora a criação do mundo, ocasião onde faz o balanço do ano que passou, refletir sobre as orientações da vida e tomar as boas resoluções. 

As comemorações tiveram inicio no domingo à noite, dia 02 de outubro 2016.


São dois dias de festa para comemorar o ano 5.777 !


Livros de Jules Verne com encadernações luxuosas em Paris

Foto: Miriam ATG  
Semana passada, andando pela rue de l'Odéon, descobri uma pequena e charmosa livraria especializada nas obras de Jules Verne, sua vitrine com livros lindamente encadernados  pela Editora Hetzel que custam no mínimo mil euros. 

Foto: Miriam ATG
Um século depois da morte de Jules Vernes, ele continua a enriquecer ... os editores.   

Em vida, as "Viagens Extraordinárias" fizeram mais fortuna ao editor Hetzel do que a seu autor. Enquanto Jules Verne ganhava 1 franco, Hetzel embolsava 8 francos sob o pretexto de que as ilustrações de seus romances eram caros, Hetzel diminuiu os direitos do romancista. Ele, ignorando as realidades da publicação, aceitou, mas achava essa situação incomoda, dizia que estava a ponto de abandonar a literatura para retornar à Bolsa de Valores, onde já havia sido corretor. Até que Hetzel cedeu. 

Em 1871, o terceiro contrato assinado, Jules Verne recebia 1000 francos mensais, em troca de dois romances por ano (em vez de três, até aquele momento). Mil francos na época seriam hoje cerca de 4 mil euros: um salário modesto, em comparação com a crescente reputação de um autor cuja "Viagens Extraordinárias" estavam vendendo a 30 ou 40 000 cópias por ano. 

Pierre-Jules Hetzel faleceu em 1886, e seu filho herdou a editora, mas 28 anos depois, ele a vendeu para a concorrente, a Librairie Hachette, que fez das obras de Jules Verne a sua renda econômica. 
Hachette decidiu reimprimir algumas das "Viagens Extraordinárias", optando por uma apresentação mais barata, divulgando amplamente ao público.  

O livro "A Volta ao Mundo em 80 Dias" e "Michael Strogoff" faziam parte dos livros dados como prêmios no final de ano aos alunos merecedores.

Tudo muda quando a Sociedade Jules Verne é criada em 1966, reunindo pesquisadores que desejam lançar uma "reavaliação literária de Júlio Verne" para dar o devido valor às usas obras.
   
É também a época em que as missões Apollo (um conjunto de missões espaciais coordenadas pela Nasa entre 1961 e 1972, que tinha como objetivo colocar o homem na Lua) davam às viagens de Verne uma súbita atualidade. Assim o escritor foi denominado "pai da ficção científica". 

Paralelamente, as livrarias apaixonadas passaram a recuperar os livros com capas da Editora Hetzel, dando início à disparada de preços entre os colecionadores. 

Finalmente, as obras caíram no domínio público e passou a ser acessível a todos os editores. 

Hachette, para defender a sua parte, lança a coleção "Jules Verne" como livro de bolso, que reproduz algumas de suas "Viagens Extraordinárias" com gravuras da edição Hetzel. 

Os primeiros títulos, incluindo "Volta ao Mundo em 80 Dias", foi lançado no início de 1967. 
Passado 38 anos,  o livro de bolso já vendeu 8,8 milhões de cópias. 
Somente em 2004, os 18 títulos disponíveis geraram 90.000 vendas. 

No Omnibus, que desde novembro de 2001 oferece uma seleção das "Viagens Extraordinárias" foi agrupada em quatro volumes temáticos: "Água", "Ar", "Terra", "Fogo", vendeu 10 mil cópias de cada volume.  

Mesmo entusiasmo na Librio, onde quatro títulos estão disponíveis a 2 € cada, onde "As Índias Negras" ou "Castelo dos Cárpatos" lançados em maio de 1997. 

Jean-Marie EMBS da Livraria Monte Cristo consegue garimpar anualmente 300 ou 400 novos volumes, onde os mais belos livros partem imediatamente, pois os colecionadores estão sempre à procura. 
Em quinze anos, ele viu o perfil evoluir: "Os mais novos são menos apaixonados e menos curiosos. Hoje existe uma tal procura pelos livros em bom estado editados por Hetzel que é suspeito, cheira à investimento especulativo…" 
O que é certeza é que os preços atuais desestimulam a clientela mais modesta e jovem.

Mesmo os primeiros livros de bolso começam a subir na classificação. Por exemplo, um Jules Verne que data antes de 1975 e  em bom estado, pode ser negociado hoje até 50 euros.
Foto: Miriam ATG 
Librairie Monte Cristo
5, rue de l'Odéon - 6eme arrond
Metrô Odéon linhas 4 e 10

Fonte:
http://www.lexpress.fr/culture/livre/les-millions-du-rayon-verne_809820.html


Comida asiatica em Paris

Foto: Miriam ATG 
No 13° arrondissement de Paris, um bairro asiático, havia um restaurante de comida tailandesa, laociana e vietnamita, o Lao Lane Xang 1, sempre cheio, mesmo porque era bem pequeno, que servia uma comida deliciosa e barata.

Fiquei um tempo sem ir e quando estive lá na semana passada, o restaurante havia fechado há 5 meses.


Como a vontade era muita de comer aquele rolinho de primavera e a carne seca, fui ao restaurante em frente, pois sabia que era da mesma família. Até com o mesmo nome, Lao Lane Xang 2.

O ambiente do 1° andar é mais moderno com uma decoração neo-colonial chic.

Além de ser da mesma família, os pratos e os preços são praticamente os mesmos, apesar de que no outro havia fotos dos pratos no cardápio, o serviço é igualmente simpático e rápido.

Foto: Miriam ATG
Eles fazem um delicioso rolinho de primavera de porco e camarão - 6,30 €. 
Foto: Miriam ATG 
Gosto muito do Ton Kha Kay que é uma sopa de frango ao leite de coco e galangal (gengibre tailândes) - 8,20 €.

Foto: Miriam ATG 
O Sinhsavanh que é carne seca à citronela é um dos meus pratos preferidos - 8,80 €.

Foto: Miriam ATG
O frango frito com abacaxi ao molho agridoce - Piao Wane Kay é muito bom - 10,40 €

Foto: Miriam ATG
Adoro a sobremesa de gelatinas com leite de côco - 4,20 € 

Servem cervejas laociana, tailandesa e chinesa, além dos vinhos franceses.

Lao Lane Xang 2
102, Avenue d'Ivry - 13eme arrond
Metrô: Tolbiac linha 7 ou Olympiades linha 14

Aberto todos os dias
Do meio-dia as 15h00
Das 19h00 as 23h00