Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


terça-feira, 10 de novembro de 2015

Espetáculos circenses em Paris

Cirque d'Hiver Bouglione

Quando eu era criança fui à alguns circos na minha cidade natal, em Londrina, mas nada se compara aos espetáculos circenses que vejo em Paris. Naquela época ainda não existia o Cirque du Soleil que fazia turnês no Brasil…
Em Paris, os melhores espetáculos de circos tradicionais, contemporâneos e eqüestres se instalam no período invernal.
Interior do Cirque d'Hiver 
O Cirque d'Hiver Bouglione foi o meu primeiro circo em Paris e fiquei encantada pela qualidade dos números e pela excelente orquestra, pela arquitetura, enfim, considero um dos melhores.
Esse circo é diferente dos tradicionais (que são em estrutura de aço e cobertos de lona), porque em Paris se apresenta no "Cirque d'Hiver" (uma construção em alvenaria redonda sem colunas tão comum nos circos), sendo um circo permanente, que foi construído em 1.852 e inicialmente chamado de Cirque Napoleão.
Adquirida pelos quatro irmãos Bouglione em 1934, passou a se chamar "Cirque d'Hiver Bouglione".
Até hoje, o nome da família Bouglione é inseparável deste lugar mítico, onde grandes artistas se apresentaram e os espetáculos circenses se produziram regularmente até 1984. 
Depois, houve reformas no local que passou a ser o palco de comédias musicais, concertos, recitais, e de outros circos como o Cirque du Soleil (1990)… 
Até que em 1999, a nova geração Bouglione decide investir novamente nos espetáculos circenses e obtendo grande sucesso, se apresentam a cada inverno um novo espetáculo de circo tradicional.
E desde outubro 2015, o Circo Bouglione começou a fazer uma turnê na França, com o espetáculo "Bravo", com um circo itinerante com uma estrutura para 1.800 lugares.
O espetáculo "Rire" em Paris, começou em outubro 2015 e termina no dia 06 de março 2016. 
São 2 horas de show
Preços a partir de 25 €
Gratuito para crianças menores de 2 anos 
Compre diretamente no site oficial
110, rue Amelot, 11e. arrond. - metrô: Filles du Calvaire linha 8


Cirque Pinder nasceu em 1854 na Inglaterra nas mãos de dois irmãos, William e Georges Pinder. Primeiro foram à Holanda e depois à França, onde obtiveram sucesso absoluto e eles decidem se instalar no interior da França. 
O sucesso continua, mas em 1927 começam a ter dificuldades financeiras e no ano seguinte, o circo é leiloado.
O novo proprietário, Charles Spiessert, se apaixona pelo circo e o moderniza e propõe espetáculos de muita qualidade. Após a 2a.Guerra Mundial, o Circo Pinder tem seus momentos de glória com espetáculos cada vez mais bonitos.
A partir de 1971, o circo trocou de mais duas vezes de proprietário, sendo o ultimo, Gilbert Eldestein, que moderniza e o torna um dos mais populares da França e da Europa. Seus filhos Sophie e Frédéric tornaram-se artistas de renome internacional. 
Sophie apresentava os dois elefantes do Circo Pinder e hoje é a diretora artística, conservando seu único número de mágica.
Seu irmão Frédéric é um dos grandes domadores de leões brancos, um número único ao mundo. Fui algumas vezes e é verdade que esse espetáculo é impressionante. 
O Circo Pinder é um circo tradicional, apresenta espetáculos variados de palhaços, acrobatas, equilibristas, animais selvagens…
Começou a se apresentar em Paris desde o dia 06 de novembro e encerra no dia 24 de janeiro 2016.
Capacidade para 5 mil pessoas.
Preços de 7 a 45 €.
Pelouse de Reuilly, 12e. arrond. 
Metrô: Porte de Charenton ou Porte Dorée linha 8 e tranway T3


No Cirque Alexis Gruss, a especialidade é o show eqüestre, dirigida por Alexis Gruss que desde os sete anos de idade já apresentava um número de acrobacia sobre cavalo (volteio) num circo francês de grande prestígio, o Radio Circus. 
Em 1971, Alexis e o pai André, abriram a sua própria empresa de espetáculos. 
Três anos mais tarde, Alexis encontra a atriz Silvia Monfort em Paris juntos criam o espetáculo "Cirque à l'Ancienne" e depois a primeira escola profissional de circo na França, que em 1981, passa a ser Circo National.
Alexis Gruss exerceu todas as funções dentro de um circo: acrobata sobre cavalo, trapezista, palhaço, músico. 
Criou numerosos espetáculos apresentados em diversos países europeus. 
O Cirque Phénix após ter sua estrutura destruída pela tempestade de 1999, em outubro do ano seguinte, construiu um circo com uma estrutura única que oferece uma visibilidade inigualável.    
Interior do Cirque Phénix
São 50 artistas, orquestra, animais selvagens, além das estrelas do Circo de Pequim que apresentarão "O Petit Dragon".
Cirque de Pékin
O espetáculo começa no dia 14 de novembro ao dia 10 de janeiro 2016
Preços de 19 a 90 €.
Pelouse de Reuilly, 12e. arrond. - metrô: Porte de Charenton linha 8 e Tranway T3


O Cirque du Soleil é um circo criado em 1984, no Quebec, quando por ocasião do 450° aniversario da descoberta do Canada, um grupo de jovens artistas de rua, liderados por Guy Laliberté, que convenceu os organizadores que uma turnê provincial dos artistas do Cirque du Soleil seria um evento festivo à altura da comemoração. O sucesso foi absoluto e nunca mais pararam.
Esse circo contemporâneo apresenta seu novo espetáculo "Amaluna" em Paris desde o dia 06 de novembro até o dia 03 de janeiro 2016.
Preços de 40 a 295 €.
Plaine de Jeux de Bagatelle, 16e. arrond.
Metrô: Pont de Neuilly linha 1


Nenhum comentário: