Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Salon du Chocolat 2013 à Paris


Maison Larnicol
A Feira do Chocolate é o encontro dos amantes do chocolate: profissionais, amadores ou simplesmente fãs de chocolate... 
Além das deliciosas degustações de chocolate em todas as suas formas, você pode assistir a várias apresentações, conferências e ao famoso desfile de vestidos de chocolate.
Esta feira também se realiza em Nova York, Tóquio, Pequim, Moscou e Xangai. 
Em maio de 2014, acontecerá no Brasil, em Salvador !
Em Paris começa no dia 28 outubro até o dia 03 novembro.
Horario: das 10:00 às 19:00
Local: Porte de Versalhes 
Para os profissionais é no Pavilhão 4
Para o público em geral é no Pavilhão 5, mas somente a partir do dia 30 outubro
Preço do ingresso: 
Adulto: 13 €  
Criança de 3 à 6 anos: 6,50 € 
Criança abaixo de 3 anos: gratuito

domingo, 20 de outubro de 2013

Les Collones Morrison à Paris

Foto: Miriam T. Girardot

As colunas levam esse nome por causa da primeira concessionária, a Gráfica de Gabriel Morris, em 1868.
Podemos dizer que é o ancestral do mobiliário publicitário, em forma de bulbo no estilo exótico do Segundo Império.  Essas colunas publicitárias foram criadas por um alemão em 1854.
É utilizada principalmente para promover filmes e shows.
Desde a sua criação, sofreu poucas alterações, apenas algumas melhorias e novos recursos surgiram ao longo do tempo. Por exemplo, agora elas são iluminadas durante a noite, muitas ficam girando, e possuem uma proteção em vidro para evitar as intempéries e pichações.
O espaço interior da coluna é muitas vezes usado para armazenar materiais de limpeza de ruas parisienses, banheiros e telefones públicos .