Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


sábado, 23 de setembro de 2017

Festa da colheita de Montmartre 2017


A festa da colheita de Montmartre começou em 1934, sendo que nos últimos anos essa festa ganhou uma grande proporção e dura cinco dias, com desfiles, concertos, baile, atividades para crianças, ateliês, degustações de vinho e especialidades regionais (queijos, foie gras, Champagne, etc) nas ruas de Montmartre…

A origem desta vinha começou em 1921, num terreno de 1.556m2, situado entre as ruas Saules e Saint Vincent, que seria destinado à construção de um prédio habitacional popular, suscitou o protesto dos habitantes. 

A municipalidade cedeu e decidiu criar um jardim para as crianças, mas essas acabaram por destruir o jardim.   

Em 1933, em memória aos antigos vinhedos da região, decidiram plantar uma vinha, que foi denominada  "Clos de Montmartre".

Possui 1.762 pés de uva de diversas variedades (gamay beaujolais, pinot noir, seibel, couderc, seyve, riesling, muscat, entre outras…), que produzem anualmente cerca de 950 garrafas de vinho de 75cl, comercializadas entre 20 a 50 € dependendo da safra.

Foto do site oficial 


A "Fête des Vendanges de Montmartre 2017" começa no dia 11 até o dia 15 de outubro.  

Destaques da programação

- Dia 11, 4a. feira, grande desfile às 15h00, saída na Mairie do 18° arrond. e término na Place St-Pierre por volta das 17h45

- Dia 14, sábado, Grande Desfile às 11h45, partida do vinhedo "Clos de Montmartre" e chegada às 13h00 na Place Jules Joffrin, na Mairie do 18eme arrond.

- Dia 15, domingo, o baile tradicional que encerra as festividades, das 17h00 às 19h00, no Square Louise Michel - entrada livre

Portugal é o país convidado de honra deste ano.
Durante 03 dias, de 13 ao 15 outubro,  próximo à Basilíca Sacré Coeur, os artesãos e produtores vindos de cinco regiões de Portugal (Tâmega e Sousa, Terras de Tras-Os-Montes, Coimbra, Beiras de Serra da Estrela e Beira Baixa) exporão os seus produtos típicos e saborosos que são a riqueza e a singularidade de suas regiões portuguesas.

Veja a programação completa no site oficial:
https://www.fetedesvendangesdemontmartre.com/

Um comentário:

Miguel disse...

Miriam, mais uma "surpresa" parisiense, não é? Parece-me incrível o fato de se produzir uvas e vinho no coração mesmo de uma das maiores e mais cosmopolitas metrópoles mundiais! Fosse na periferia, seria fácil de entender, mas, em Montmartre, com sua tradição cultural e boêmia, é algo único! Paris é mesmo uma festa!!!