Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


terça-feira, 21 de junho de 2016

Venha tocar piano ou ouvir "Play me I'm yours" em Paris


Há poucos dias atrás, nos dias 18 e 19 de junho 2016, foram customizados 24 pianos no Halle de la Villette, por artistas plásticos de 24 países que participam da Eurocopa 2016.
Os pianos permanecem no local até hoje, dia da "Fête de la Musique", com concertos gratuitos entre 15h00 e 19h30.

Damien Paul Gal e Ariane Pasco 

A partir do 22 de junho ao 13 de julho 2016, o piano "Play me I'm yours" será instalado em vários lugares de Paris, parques e jardins, com um concerto gratuito programado por dia.

O piano ficará à disposição de qualquer pessoa que deseja tocar, como já acontece em várias estações de trem em Paris.

- Jardin des plantes: rue Geoffroy Saint-Hilaire, no 5eme. arrond;
- Le Diable des Lombards: 64, rue des Lombards, no 1er. arrond;
- Mairie du 1er: 4, place du Louvre, no 1er. arrond;
- Mairie du 7eme: 11§, rue de Grenelle, 7eme. arrond;
- Musée Bourdelle: 16-18, rue Antoine Bourrelée, no 15eme. arrond;
- Musée Cognac-Jay: 8, rue Elzevir, no 3eme. arrond;
- Petit Palais: avenue Winston Churchill, no 8eme. arrond;
- Vedettes de Paris: Port de Suffren
- Bercy Village: 28, rue François Truffaut, no 12eme. arrond;
- Italie Deux: 30, avenue d'Italie, no 13eme. arrond;
- Ville d'Arcueil: 55, avenue Laplace, em Arcueil;
- Espace Landowski: 25, avenue André Morizet,em Boulogne-Billacourt;
- La Javelle: Port de Javel Bas, no 15eme. arrond;
- Parc de Bécon: 178, boulevard Saint-Denis, em Courbevoie; 
- Cité des Sciences et de l'Industrie: 30,avenue Corentin Cariou, no 19eme. arrond;
- La Rotonde: 6-8, place de la Bastille Stalingrad, no 19eme. arrond;
- Musée de Montmartre: 12-14, rue Cortot, no 18eme. arrond;
- Petite Halle de la Villette: 211, avenue Jean Jaurès, no 19eme. arrond;
- Square Louise Michel, no 18eme. arrond;
- Square Sainte Odile, no 17eme. arrond.

Customizado pelo artista Jérôme Mesnager - 2012
A idéia surgiu quando Luke Jerram ia levar as suas roupas na lavanderia e ficava aguardando. Ele via sempre as mesmas pessoas a cada final de semana e ninguém falava um com o outro. Percebendo que dentro de uma cidade deveria ter centenas de lugares com essas comunidades invisíveis que regularmente passavam o tempo um com o outro em silêncio, Luke achava que colocar um piano nesse local seria a solução para esse problema, com o objetivo de catalisar a conversação e mudando a dinâmica de um espaço, onde as pessoas se encontrariam pela primeira vez em torno do piano.



O projeto iniciado em 2008, vingou e desde então, mais de 1.500 pianos foram colocados nas ruas em mais de 50 cidades do mundo, envolvendo cerca de 8 milhões de pessoas.

Uma nova forma de dialogar com as pessoas da cidade, "Street Pianos" foi designado para provocar as pessoas a se envolverem, ativando e reivindicando a posse da paisagem urbana.
Como um musical equivalente do facebook, que produz um meio para que o público se expresse. 
"Play me I'm yours" também têm atraído muitos músicos escondidos, ou mesmo, criando a oportunidade à muitos pianistas que não possuem o acesso regular a um piano, e de compartilharem sua criatividade com o público. 

Em cidade como Londres, centenas de pianos de segunda mão em perfeito estado, são jogados fora a cada ano. Acredito que o motivo dos pianos serem jogados fora seja o mesmo que aqui na França, o preço muito elevado para afinar o instrumento faz com que as pessoas prefiram se desfazer.
Foi assim que Luke passou a transportar dezenas desses pianos para países onde o instrumento é raro e mais valorizado.

Esses pianos depois de utilizados nas ruas no projeto "Play me I'm yours", eles serão doados às escolas, associações, hospitais…

Cada cidade possui um site exclusivo onde o público pode colocar seus próprios vídeos, fotos e sua historia de sua interação com os pianos, fornecendo um meio para que as pessoas possam se comunicar uns com os outros, que seja em um nível local ou internacional.

Esses sites ajudam a conectar as diferentes comunidades, fornecendo mapas de locais onde os pianos estão instalados na sua cidade e promovendo eventos especiais. 
www.streetpianos.com 
Também no https://www.facebook.com/playmeparis/





Nenhum comentário: