Sempre tive uma grande paixão pelas viagens, em descobrir lugares novos, pessoas e costumes diferentes…


Ao longo dos últimos vinte anos viajei pelos cinco continentes, totalizando 35 países.


Foi viajando que encontrei a minha vocação. Me tornei guia de turismo no Rio de Janeiro, onde estudei e obtive a credencial nas categorias: regional, nacional e internacional pela Embratur.


Em 2000, me casei e acabei fixando residência em Paris. Aqui fiz vários cursos como História da Arte na Escola do Louvre, História da Arte Renascentista na Escola Superior de Artes Aplicadas Duperré, além de outros cursos livres sobre o patrimônio artístico de Paris: arquitetura, pintura, escultura, jardins, etc.


Sou oficialmente Guia de Turismo em Paris com carteira profissional emitida pelo Ministério do Turismo e da Cultura da França.


Assim com o olhar de uma viajante e de uma profissional da área, tenho oferecido meus serviços de acompanhamento, organização e consultoria para turistas brasileiros em Paris.


Bienvenue à Paris !


Miriam Tanno Girardot


segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Para os amantes do cinema: Fondation Jérôme Seydoux-Pathé em Paris






A nova sede social da Fondation Jérôme Seydoux-Pathé inaugurada em setembro de 2014 no antigo Théatre des Gobelins (onde a fachada esculpida por Auguste Rodin em 1869), chama a atenção por causa da sua estrutura moderna (em alumínio, aço, madeira e vidro) em forma de casulo projetada pelo arquiteto italiano Renzo Piano.

Foto do site de Renzo Piano
Possui uma superfície de 2.200m2 distribuída em cinco andares que permite agrupar os escritórios da Fundação, os arquivos, um centro de documentação e de pesquisa, une DVDthéque, um espaço reservado às exposições e uma sala de projeção.   

Foto: Shoes-up.com

fundação se dedica à conservar e disponibilizar ao público o patrimônio histórico da Pathé (empresa produtora de cinema criada em 1896 pelos irmãos Charles e Émile Pathé, sendo a segunda mais antiga depois da Gaumont). 

Foto do site de Renzo Piano 

Também funciona como um centro de pesquisa para historiadores, professores e alunos, assim como a todos os interessados em cinema.
Através das suas atividades, a fundação trabalha em promover a história do cinema através da sua própria história.  

Foto do site da fondation JSP






Possui arquivos excepcionais, regularmente enriquecidos com novas aquisições, reúne diversas coleções. Eles incluem um rico conjunto de material iconográfico e publicitário, materiais impressos, equipamentos de cinema e adereços, objetos, uma biblioteca de obras e periódicos, bem como arquivos administrativos e jurídicos desde a sua criação. Até à data, o catálogo Pathé consiste de mais de 10.000 filmes, incluindo 9000 filmes mudos.

Fonte: demain-ma-maison.com 

Horários de funcionamento:
- Salle Charles Pathé et Expositions
  De 3a. a 6a.feira das 13h00 às 19h00
  Nos sábados das 11h30 às 19h00

- Visita guiada do local 
  Aos sábados ao meio-dia 
  Somente através de inscrição através de e-mail: accueil@fondationpathe.com

- Centro de pesquisa
  De 2a. à 6a.feira das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00
  Nas 6as.feiras das 10h00 às 13h00
  Acesso somente com hora marcada através de e-mail: 
  contact@fondationpathe.com

- Ciné-espetáculo "Le Petit Cinématographe"
  Todas as 4as.feiras às 14h30
  Inscrição não obrigatória, mas aconselhável 
  accueil@fondationpathe.com
  telefone 01 83 79 18 96

Foto: batiactu.com 


Tarifas:
Bilhete corta-fila (billet couplé) - 1 sessão de cinema + acesso ao espaço de exposições: 
Tarifa normal 6,50 € 
Tarifa estudante e para acima de 65 anos 5 €
Tarifa reduzida (menores de 14 anos): 4 €
Visita sem filme após 16h30: 3 €
Visita guiada  do local: 6 €
Ciné-espetáculo "Le Petit Cinématographe": 7 € 

Endereço: 
73, avenue des Gobelins - 13eme. arrond. - Paris
Metrô: Les Gobelins linha 7
Ônibus: 27, 47, 57, 64, 67, 83


Um comentário:

Anônimo disse...

Miriam, mais uma ótima indicação. O que mais me chama a atenção é a arquitetura arrojada do prédio, que combina tradição e modernidade. Já vai para a agenda da próxima viagem!
Abraço saudoso! Miguel (Rio de Janeiro)